Ultimas
Loading...
MENU
Google Tradutor vai funcionar traduzindo texto dentro de outros aplicativos

Google Tradutor vai funcionar traduzindo texto dentro de outros aplicativos



 O Google Tradutor é um serviço capaz de traduzir uma quantidade enorme de idiomas entre eles e que, com a ajuda dos usuários, melhora cada vez mais com o tempo. Longe de ser perfeito para traduções grandes de caráter mais sério, ele é uma ótima opção para traduzir mensagens curtas e conversas informais, e seu aplicativo para smartphone é bastante utilizado para isso.
Porém, a dificuldade para se copiar um texto de algum app e abri-lo separadamente para obtermos uma tradução fez com que a Google implantasse uma função em sistemas Android que vai facilitar a vida de muita gente que se comunica com pessoas em idiomas que não domina bem.

Babilônia digital

Agora vai ser possível fazer tudo isso no mesmo lugar. O novo modo “Tap to Translate”, ou “toque para traduzir”, aparece na nova atualização juntamente com algumas correções do aplicativo de tradução da Google. Assim, quando estiver usando qualquer aplicativo, toda vez que você selecionar um texto e tocar no ícone de copiar, um ícone referente ao Google Tradutor vai aparecer na tela e ao clicarmos nele, vamos obter o texto copiado traduzido para qualquer um dos idiomas suportados pela plataforma.
A empresa também faz questão de lembrar aos usuários no vídeo de divulgação que o serviço também funciona offline, sem a necessidade de estar conectado à internet para realizar as traduções. É uma mão na roda para converter mensagens de aplicativos de conversa, como o WhatsApp, o Facebook Messenger, Skype ou Telegram, além de uma porção de outros empregos que podemos dar para o novo recurso.
A atualização do Google Tradutor também apresentou outras duas novidades nessa atualização: a possibilidade de baixar dicionários e usar o serviço offline em sistemas que funcionam com iOS (anteriormente isso só era possível no Android) e o acréscimo do idioma chinês no recurso Word Lens, que detecta palavras de placas e outros lugares através da câmera do dispositivo antes de traduzi-las.

Mais informações »
Top de linha da Alcatel aparece com Snapdragon 820 e Android 6.0

Top de linha da Alcatel aparece com Snapdragon 820 e Android 6.0



De acordo com dados vazados no GFXBench, o novo top de linha da Alcatel deve chegar ao mercado com configurações bem interessantes. Batizado de TCL 950, além do Android 6.0 Marshmallow rodando de fábrica, ele deve ter sob o capô um processador Qualcomm Snapdragon 820.
Já era esperado que a Alcatel lançasse um top de linha, porém, com um sistema operacional Windows 10 — este deve ser o Idol Pro 4. Por isso, o TCL pode ser um smartphone "reserva", caso os planos de vendas com o sistema operacional da Microsoft não tenham um bom resultado.
Apesar de muitas informações terem sido vazadas, recursos e capacidades ainda estão nos campos dos rumores. Por exemplo, a presença de sensores biométricos, leitor de impressão digital e outros sensores de câmeras ainda é desconhecida.
Infelizmente, não há uma data certa para o lançamento do TCL 950 e nem em quais mercados ele chega primeiramente. Apenas que ele deve disputar com os smartphones top de linha da primeira metade de 2016. Agora, veja a lista de especificações vazada.
Dados vazados

Alcatel TCL 950

  • Tela: 5,5" Full HD (1080x1920 pixels)
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 820 64-bit Quad Core 2,1 GHz
  • GPU: Adreno 530
  • RAM: 4 GB (3,7 GB)
  • Armazenamento interno: 64GB (52 GB livres)
  • Câmera traseira: 20 megapixels
  • Câmera frontal: 7 megapixels com flash LED
  • Sistema operacional: Android 6.0.1 Marshmallow (OneTouch)

FONTE(S)
Mais informações »
Walmart traz promoção com até 50% de desconto e frete grátis no país todo

Walmart traz promoção com até 50% de desconto e frete grátis no país todo



Quem estiver querendo um novo eletrônico ou eletrodoméstico precisa conferir as promoções do WalmartAté 07:59 da próxima quinta-feira (12 de maio), uma grande quantidade de itens podem ser comprados com descontos de até 50% — sendo que há ainda mais 12% de redução nos preços para quem optar pelas compras realizadas diretamente com boleto bancário. Achou pouco? Pois ainda tem mais um destaque...
Todos os produtos marcados na promoção desta semana vão poder ser enviados com frete totalmente grátis para todo o Brasil. Exatamente: os produtos da promoção do Walmart estão sendo enviados sem custos. Confira este link para ter acesso ao hotsite da promoção e confira tudo o que está em oferta no Walmart. Será que você vai conseguir encontrar os produtos que tanto estava esperando para comprar?
FONTE: Tecmundo
Mais informações »
Finalmente! WhatsApp ganha app oficial para Windows e Mac

Finalmente! WhatsApp ganha app oficial para Windows e Mac



A equipe de desenvolvimento do WhatsApp anunciou no fim da tarde desta terça-feira (10) o lançamento dos apps oficiais do mensageiro para Windows e Mac OS.
Desde janeiro de 2015 já era possível utilizar o WhatsApp na web por meio do navegador. Porém, a partir de agora já existem aplicativos exclusivos para essa finalidade, disponíveis para Windows (Windows 8 em diante) e Mac OS (Mavericks 10.9 em diante).

Como usar o WhatsApp no PC

WhatsApp finalmente ganha app oficial para Windows e Mac OS
Na prática, o aplicativo oficial do WhatsApp roda de forma similar à versão já disponível nos navegadores. Ou seja, ele funciona como uma extensão da conta que você já utiliza no seu celular, espelhando as conversas no seu computador. O software é compatível com todas as versões existentes do app – Android, iOS, Windows Phone e BlackBerry.
O método de utilização é exatamente o mesmo: você precisa escanear o QR Code na tela do computador usando a versão mobile do WhatsApp. Neste tutorial, você encontra passo a passo“como utilizar o WhatsApp no seu computador”.
FONTE:
IMAGENs:
Mais informações »
YouTube lança mensageiro interno para que você nunca mais saia do site

YouTube lança mensageiro interno para que você nunca mais saia do site



Apesar de a Google já ter o Hangouts integrado a boa parte das suas ferramentas, parece que a empresa de Mountain View não está satisfeita com os resultados de seu sistema de mensagens. E a maior prova disso está sendo colocada no ar agora, com um novo mensageiro integrado ao YouTube e que promete manter os usuários muito mais tempo conectados ao serviço.
Com um funcionamento bem simples, o mensageiro vai ser iniciado a partir da janela de compartilhamento de conteúdos. Quando os consumidores quiserem enviar os links para seus amigos, poderão escolher uma nova opção de mensagens diretas no mesmo menu em que estão os atalhos para compartilhamento em Facebook, Google+, Twitter e vários outros. Isso poderá ser feito para amigos individuais e também para grupos.
Sistema de mensagens do YouTube
Com isso, uma aba de chat será criada e os usuários vão poder conversar e trocar experiências diretamente por ali, sendo que cada chat deve ser chamado de "Thread". Assim também pode ser enviados outros links e o "thread" permanece salvo com um grande histórico de mensagens e links trocados. Todos esses "threads" ainda ficam reunidos em uma única aba "Compartilhados" que será adicionada.

Quais as razões?

De acordo com o Wired, essa novidade é uma esperança do YouTube para fazer com que os usuários passem mais tempo compartilhando e comentando no próprio YouTube — em uma clara tentativa de barrar os avanços do Facebook. Mas não é somente isso que o serviço da Google almeja com a novidade.
Também há relatos de que o YouTube queira manter os comentários mais sadios em sua rede. Enquanto as páginas gerais são geralmente contaminadas com ofensas e palavrões, páginas de grupos e conversas pessoais devem ser menos poluídas e podem melhorar o engajamento com novos vídeos e usuários iniciantes.
"O YouTube estaria tentando barrar os vídeos do Facebook?"
Por enquanto, um número bem pequeno de usuários devem ter acesso ao sistema de chat interno ao YouTube. De acordo com as fontes já mencionadas, a expansão do sistema deve acontecer por convites até que a novidade seja liberada para todos.

FONTEs:
Mais informações »
Muita calma! Site da Vivo Fibra assusta usuários com corte de 80% em upload

Muita calma! Site da Vivo Fibra assusta usuários com corte de 80% em upload



  Dá para dizer que o setor de internet no Brasil anda em uma situação bastante delicada, especialmente para os internautas. Além de toda a situação do tipo “manda derrubar, manda voltar” do WhatsApp no país e das propostas controversas discutidas pela CPI dos Crimes Cibernéticos, os usuários andam se preparando para encarar limitações na banda larga muito em breve. Agora, foi exatamente uma das empresas que encabeçam a proposta de franquia nas conexões fixas que deu um susto nos consumidores mais atentos.
Isso porque, nessa última sexta-feira (6), recebemos um alerta dizendo que o portal da Vivo dedicado a oferta de seus planos de internet via fibra tinha sofrido uma pequena alteração, mas que poderia significar muito para os clientes: uma redução substancial na velocidade de upload em todas as velocidades. Para conferir a dica, visitamos a página e descobrimos que realmente as opções 50 Mega, 100 Mega, 200 Mega e 300 Mega tinham sofrido um reajuste na taxa de transmissão do cliente para a web.
Screenshot feita no site de oferta da Vivo Fibra na sexta-feira (6).
Se antes um dos grandes atrativos desse tipo de conexão – além do download robusto – eram uploads de 25, 50, 100 e até 150 Mbps, a nova “versão” dos produtos levava esses números para um quinto disso. Como é possível ver na captura de tela que fizemos do portal, a reformulação fazia com que o recurso ficasse na casa dos 5 Mbps no item mais barato e apenas 30 Mbps no conjunto mais premium – ou seja, 80% menor do que o atual. O pior? Aparentemente, não havia nenhuma alteração de preço ou compensação pela mudança.
Em testes de velocidade feitos ainda na sexta, percebemos que o upload continuava com a classificação original para os atuais clientes Vivo Fibra, sugerindo que a edição “capada” dos planos poderia ser uma espécie de adequação para as futuras franquias de dados. Como nenhuma alteração havia sido comunicada pela empresa recentemente, entramos em contato com a Vivo para saber se essa redução foi algum tipo de erro ou se era algo que realmente já estava programado para entrar em vigor para novos usuários a partir de agora.

Alarme falso

Felizmente, para quem é fã da boa taxa de upload da internet baseada em fibra ótica, a companhia informou que se tratou apenas de um mal-entendido gerado a partir de problemas técnicos na página em questão. Segundo as informações enviadas ao TecMundo, a Vivo garantiu que os planos não haviam sofrido nenhuma alteração e que os valores seriam corrigidos no site. Confira abaixo, na íntegra, a nota oficial de esclarecimento da empresa:
“A Telefônica Vivo informa que não houve alteração nas velocidades de upload do produto Vivo Fibra (tecnologia FTTH – fiber to the home). As velocidades de 50 Mbps, 100 Mbps, 200 Mbps e 300 Mbps continuam com uploads equivalentes a 50% do download, ou seja, respectivamente, 25 Mbps, 50 Mbps, 100 Mbps e 150 Mbps. As taxas de upload que constam na página de internet consultada pelo TecMundo estão sendo ajustadas.”
Na manhã deste sábado (7), o portal já trazia a numeração original para o upload das conexões fibra, retornando aos valores que já estavam sendo praticados para os clientes atuais. Com isso, o internauta brasileiro tem uma preocupação a menos pela frente. De qualquer maneira, com o atual cenário da web no Brasil, vale ficar atento a qualquer mudança nesse sentido, independentemente da operadora.
FONTE: tecmundo
IMAGENS: TECMUNDO
Mais informações »
Rumores sugerem duas versões do novo Moto G equipados com NFC

Rumores sugerem duas versões do novo Moto G equipados com NFC



Os boatos sobre o novo Moto G não param de pintar na web e parece que todos convergem para um mesmo ponto com um anúncio breve de dois modelos muito similares.
Segundo as novas informações divulgadas por Roland Quandt, em seu perfil no Twitter, a Motorola lançará o Moto G e o Moto G Plus de 4ª geração com leves mudanças nas especificações.
Os detalhes foram obtidos em documentos do site de uma importadora, que revelam algumas configurações dos aparelhos de codinome Athene. De acordo com os dados na tabela, o Moto G “comum” trará 2 GB de memória RAM, 16 GB de armazenamento e câmera de 13 MP. O Moto G Plus virá com 3 GB de RAM, 32 GB para dados e sensor de 16 MP.
Ainda segundo o que Quandt constatou pelos códigos, os dois dispositivos virão com foco automático via laser e componente NFC — algo que é inédito nessa série. Os novos smartphones serão produzidos na Índia.
"O Moto G Plus virá com 3 GB de RAM, 32 GB para dados e sensor de 16 MP"
E quando será o lançamento? Bom, vai acontecer um evento em São Paulo no dia 17 de maio, mas ainda não sabemos se a fabricante vai mostrar os novos Moto G (Athene) ou o Moto E (Affinity).
Há ainda a possibilidade de que alguns produtos só sejam exibidos no dia 9 de junho, quando a Motorola fará um anúncio especial — apesar de que as chances são grandes de que essa data esteja reservada para a exibição do novo Moto X. Resta aguardar para descobrir.

Mais informações »
É quase 300 reais! Usar celular enquanto dirige será infração gravíssima

É quase 300 reais! Usar celular enquanto dirige será infração gravíssima




Após quase 16 anos sem reajustes, o Código Brasileiro de Trânsito receberá uma atualização nos valores das multas, bem como terá algumas infrações alteradas.
Para os motoristas que costumam falar ao celular ou simplesmente teclar enquanto estão ao volante, as mudanças revelam que a infração passará a ser do tipo gravíssima (atualmente, ainda é considerada uma infração média).
Com essa mudança, o motorista que desrespeitar a lei vai pagará mais do que o dobro do que paga atualmente por este tipo de infração. Depois do dia 5 de novembro, o valor da multa para quem usa o celular enquanto dirige passa de R$ 130,16 para R$ 293,47. Hoje, a infração gravíssima é de R$ 191,54, mas o reajuste causará um aumento de mais de 50%.
As alterações no Código Brasileiro de Trânsito são bem óbvias, uma vez que estudos comprovam um aumento substancial de motoristas desrespeitando as leis. De acordo com informação da Folha, as multas por uso de celular cresceram 22% na cidade de São Paulo entre 2014 e 2015 — passando de 353 mil para quase 431 mil autuações.

Mais informações »
TIM dará ligação grátis no Dia das Mães

TIM dará ligação grátis no Dia das Mães


 Em linha com o novo posicionamento da marca – seguindo o conceito #FazerDiferente – a TIM vai ajudar seus clientes neste Dia das Mães e, por isso, não irá cobrar pela primeira ligação feita no domingo (08).
“Evoluir é fazer diferente, essa é a nova assinatura da TIM. Queremos mostrar que, mais do que uma assinatura, se trata de uma nova atitude. Isso significa ir além da comunicação e mostrar de forma concreta o que é fazer diferente. Tivemos essa postura em relação ao bloqueio dos planos de internet fixa e, recentemente, com a liberação do SMS gratuito durante o bloqueio do WhatsApp. Essa promoção no Dia das Mães é mais um exemplo”, diz Rogerio Takayanagi, Diretor de Marketing da Brasil.

Como funcionará

Para que os consumidores possam falar com suas mães sem se preocupar, a primeira ligação do dia não será cobrada. A promoção é válida neste domingo (8), das 00h01 às 23h59, para chamadas de TIM para TIM local e longa distância (com uso do código 41) em todo Brasil, incluindo os planos Pré, Pós e Controle.
Clientes que possuem planos com pacote de voz não terão os minutos da primeira ligação descontados, independentemente da duração da chamada. Já aqueles que mantém planos com pacote de ligações com cobrança por dia – como TIM beta e Infinity Pré – não serão tarifados pela primeira chamada. Dessa forma, se o cliente não fizer mais nenhuma ligação no domingo, o pacote diário não será cobrado. No caso dos planos pré-pagos, só podem participar da promoção aqueles com saldo ativo (qualquer valor).
FONTE(S)
IMAGEN(S)
Mais informações »
Empresa chinesa cria papel eletrônico mais flexível, brilhante e barato

Empresa chinesa cria papel eletrônico mais flexível, brilhante e barato



O diretor geral da chinesa Guangzhou OED Technologies, Chen Yu, anunciou que a empresa desenvolveu uma nova tecnologia de e-paper baseada em grafeno, um material que permite telas mais flexíveis e brilhantes.
O grafeno é o material conhecido mais forte e mais leve do mundo. Com apenas 0,335 nanometros de espessura pode conduzir calor e eletricidade. Ele pode ser usado para criar displays de grafeno rígidos ou flexíveis para aplicação em produtos como e-readers e dispositivos vestíveis inteligentes.
O segredo é a tecnologia Zero Ink, que utiliza um papel especial que contém corantes nas cores ciano, magenta e amarelo na forma de cristais sob um revestimento protetor. Quando o usuário deseja imprimir uma foto, esses cristais são liberados para colorir a imagem.
Material grafeno
Comparados com os e-papers tradicionais que utilizam o índio, metal raro e caro, o grafeno é derivado do carbono, o que significa que os custos de produção serão bem menores.
O objetivo da Guangzhou é criar uma nova geração de leitores eletrônicos, “kindles” que podem ser lidos sem problemas em dias extremamente ensolarados, abrangendo tanto leitores de livros tradicionais como rastreadores ou qualquer tipo de tela exterior com conteúdo dinâmico.
FONTE(S)
IMAGEN(S)
Mais informações »
Deadpool vende 1 milhão de cópias digitais em uma semana

Deadpool vende 1 milhão de cópias digitais em uma semana



A Fox Filmes anunciou hoje que Deadpool, estrelado por Ryan Reynolds, é a sua obra de maior sucesso em serviços de streaming da história. Com apenas uma semana disponível na Google Play,iTunes e outros, já foram vendidas mais de 1 milhão de cópias digitais. O estúdio também informou que este é filme de super-heróis de maior sucesso em vendas digitais no formato HD de todos os tempos.
Parte desses números podem ser considerados resultados da estratégia que a Fox tem adotado para seus filmes mais recentes. O estúdio tem feito o lançamento digital pelo menos duas semanas antes do em DVD e Blu-ray, o que torna o apelo para assistir via streaming muito maior.
Além do mais, como as versões em alta resolução ripadas de discos ópticos ainda não estão circulando pelas redes de torrent, a única saída para os fãs por enquanto é comprar a cópia digital. 

Só na América do Norte

Vale ressaltar, entretanto, que o Brasil, junto com vários países europeus, ainda não recebeu o lançamento digital em HD de Deadpool nas lojas da Apple, da Google e outras. Pelo que parece, o filme pode ser assistido por esses meios apenas nos países da América do Norte e mais alguns outros.
Não sabemos se a Fox vai adotar a mesma estratégia por aqui, lançando primeiro no digital e depois em cópias físicas, mas isso não deve demorar muito a acontecer. A Google Play brasileira, por exemplo, já tem uma página de venda para o filme, mas ele ainda está indisponível. O que dá para fazer é adicioná-lo à lista de desejos e receber uma notificação quando o lançamento for feito no Brasil.
FONTE(S)
Mais informações »
SAMAS, o vírus temido até pelo FBI, está presente no Brasil

SAMAS, o vírus temido até pelo FBI, está presente no Brasil

O SAMAS é um ransomware perigoso: ele bloqueia o acesso ao seu computador ou smartphone e cobra um valor (dinheiro) para você voltar a ter o acesso. Ele faz isso criptografando todos os seus dados, então praticamente não há como burlar esse "resgate". A alta capacidade de viralização desse ransonware também é uma preocupação, já que ele se espalha rapidamente por redes conectadas ao aparelho infectado.
Se você ainda está dando de ombros para o SAMAS, saiba que até o escritório de crimes virtuais do Serviço de Inteligência dos Estados Unidos (FBI) já emitiu uma nota demonstrando preocupação sobre o vírus.
Agora, um relatório da Kaspersky Lab trouxe uma notícia não muito agradável para nós, brasileiros: o Brasil ocupa o 1° lugar entre os países latino-americanos mais atacados pelo SAMAS.
Para você ficar ligado e não acabar sendo infectado pelo vírus, Rafael Abdo, gerente de segurança da informação da Locaweb, está oferecendo algumas dicas interessantes. Acompanhe:
Kaspersky Lab
  • Faça backup regularmente: procure manter um calendário para fazer cópias de segurança de seus dados pelo menos uma vez por mês.
  • Tenha planos B e C: o ideal é possuir ao menos dois backups, um em nuvem e outro em um dispositivo físico como HD externo e pendrive. Manter mais de uma opção garante que você não terá problemas para recuperar os dados, caso uma das alternativas seja comprometida pelo vírus.
  • Cuidado com links: não saia clicando em tudo o que chega. Os hackers mascaram os vírus em emails falsos, como promoções de lojas virtuais e comunicados de bancos. Tome cuidado também com mensagens de amigos e familiares que não fazem sentido, pois eles podem ter sido alvos de ataques virtuais.
  • Atenção ao nome dos arquivos: vírus costumam ter extensões específicas (as três letras finais que vêm após o nome do documento). Fique atento a .EXE, .vbs e .SCR, que são as mais utilizadas pelos cibercriminosos. Para facilitar, habilite a opção de “mostrar a extensão de arquivos” em seu sistema operacional. Por exemplo, no Windows, vá em “Opções de Pastas” no Painel de Controle e desmarque a opção de ocultar a extensão em “Modo de Exibição”.
  • Software em dia: atualize regularmente seu sistema operacional, navegador e outros programas. Os vírus tendem a explorar vulnerabilidades dos sistemas, e as atualizações têm como um dos objetivos corrigir as brechas e falhas existentes, aumentando a segurança.

Mais informações »
Sony Xperia X Performance está caro até na pré-venda

Sony Xperia X Performance está caro até na pré-venda

A Sony acaba de anunciar os valores de pré-venda que poderão ser vistos no aparelho Xperia X Performance — o atual top de linha da fabricante japonesa. Para a tristeza de quem estava esperando valores competitivos, o dispositivo deve chegar ao mercado europeu pelo valor de € 699 — mesmo preço pelo qual o Xperia Z5 foi vendido oficialmente.
Com o preço de pré-venda marcado em € 699, é possível que o valor oficial ultrapasse a marca dos € 739. Vale lembrar que o Xperia Z5 chegou ao Brasil por R$ 4.299, portanto é possível que a nova versão do Xperia chegue às lojas brasileiras com valores que ultrapassem a casa dos R$ 5 mil — assim como era cogitado para acontecer com o Xperia Z5 Premium.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 6.0
  • Tela: 5 polegadas Full HD Triluminous
  • Processador: hexa-core Qualcomm Snapdragon 820
  • RAM: 3 GB
  • Armazenamento: versões com 32 GB e 64 GB (expansíveis)
  • Câmera traseira: 23 megapixels
  • Câmera frontal: 13 megapixels
  • Bateria: 2.700 mAh
É bom lembrar que os preços de pré-venda são os únicos confirmados até o momento, não havendo qualquer informação sobre quando serão revelados os valores oficiais. Também não há dados sobre os preços internacionais dos novos smartphones. Por isso, vale a pena ficarmos atentos para saber por quanto o Xperia X Performance vai chegar ao Brasil.

FONTE(S)
Mais informações »
Telegram cresce e ganha 7 milhões de usuários em 24 horas

Telegram cresce e ganha 7 milhões de usuários em 24 horas



Neste momento, o WhatsApp já voltou a funcionar normalmente no Brasil. Contudo, você deve ter percebido que o aplicativo foi bloqueado no país e os usuários ficaram praticamente 24 horas sem poder trocar mensagens. Então, o meio foi correr para as alternativas, e o Telegram é uma delas.
Enquanto o WhatsApp estava bloqueado, o Telegram já havia avisado que estava com dificuldades para validar os registros via SMS, já que a nossa rede móvel não suportava o volume de dados enviados. Agora, com tudo mais calmo, o mensageiro avisou via Twitter que ganhou mais de 7 milhões de usuários nas últimas 24 horas.
Veja o tweet.
"Mais de 7 milhões de novos usuários se registraram no Telegram nas últimas 24 horas. Veja estes recursos únicos se você é um iniciante", diz o tweet
Ano passado, especificamente em dezembro de 2015, o WhatsApp também havia sido bloqueado no Brasil — ficamos 12 horas sem acesso ao aplicativo. Na época, o Telegram registrou 5,7 milhões de novos usuários.
Para ajudar as pessoas que acabaram de baixar o aplicativo, o próprio Telegram está divulgando com FAQ explicando todas as diferenças e funcionalidades da aplicação. Acesse aqui. 
FONTE(S)
Mais informações »
  Imagem de Pressão popular: Vivo anuncia que vai oferecer planos de internet ilimitada

Imagem de Pressão popular: Vivo anuncia que vai oferecer planos de internet ilimitada



A operadora Vivo enviou um comunicado ao jornal Estado de S. Paulo informado que não vai mais implementar a franquia para uso de dados na banda larga fixa em todos os planos que comercializa. Com isso, alguns planos oferecerão ao usuário a possibilidade de consumir dados de forma ilimitada, da mesma forma como acontece atualmente.
O comunicado veio depois de muita pressão popular e de o Ministro das Comunicações, André Figueiredo, ter anunciado publicamente que discordava da nova prática da Vivo e das demais operadoras quanto ao limite de dados na banda larga fixa. Figueiredo se viu obrigado a interferir quando a Anatel, por meio de seu presidente, se negou a reverter a situação.
João Rezende, o chefe da agência, chegou a dar declarações polêmicas e amadoras sobre o assunto, dizendo que “a era da internet fixa no Brasil estava acabando” e que a “culpa era de quem joga online”, pois isso supostamente consumiria muita banda, o que não é verdade.
"Figueiredo anunciou nesta semana que iniciaria negociações com as operadoras para que elas ofereçam planos ilimitados"
Figueiredo anunciou nesta semana que iniciaria negociações com as operadoras para que elas ofereçam planos ilimitados em seus portfólios em todas as regiões do Brasil, mesmo que isso custe mais caro. Ao que parece, a Vivo vai seguir esse conselho, mas ainda não há nenhuma informação sobre quanto vai custar definitivamente um plano ilimitado na operadora.
NET e Oi não se pronunciaram ainda sobre o assunto, mas operadoras menores, como a Live TIM e a Copel Telecom, já comentaram anteriormente que não vão implementar o limite de dados nos planos que comercializam.

Pressão popular

É interessante notar que as operadoras que querem implementar os limites em seus planos de banda larga fixa têm sofrido uma imensa pressão popular, especialmente a Vivo, que comprou recentemente a GVT. Essa empresa tinha como principal ponto de venda o fato de seus planos não preverem franquia de dados, uma vez que Oi e NET já trabalhavam dessa forma há alguns anos.
A diferença é que essas duas empresas não praticavam o bloqueio da internet ou a redução da velocidade depois que o cliente atingia o limite da franquia, como uma espécie de gratificação promocional. Elas também não anunciaram planos para começar a impor esses limites.
Nas últimas semanas, diversos abaixo assinados têm circulado pela web com centenas de milhares de assinaturas cada para mostrar o descontentamento generalizado da população sobre o assunto. Se você tem acompanhado o TecMundo nos últimos dias, certamente leu algumas notícias a esse respeito.
"A situação ficou ainda mais intensa quando João Rezende, da Anatel, se posicionou do lado das operadas"
A situação ficou ainda mais intensa quando João Rezende, da Anatel, se posicionou do lado das operadas, dizendo que essa mudança era inevitável e que as empresas deixaram seus clientes mal-acostumados com os planos ilimitados comercializados até hoje.
Uma petição online para remoção de Rezende da presidência da Anatel também começou a ser divulgada entre os internautas. Mais de 30 mil pessoas já participam desse abaixo assinado no Avaaz.


IMAGENs:
Mais informações »
Internet fixa com franquia de dados é realmente 'tendência mundial'?

Internet fixa com franquia de dados é realmente 'tendência mundial'?



Se você prestou atenção em qualquer notícia além das relacionadas à votação da abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, deve estar sabendo que a Vivo e as demais operadoras do setor de banda larga fixa no Brasil estão tentando implementar mudanças no seu modelo de negócios.
Essas empresas querem agora cobrar dos usuários não apenas por velocidade disponível, mas também pela quantidade de dados que movimentam na rede. Basicamente, a internet fixa funcionaria da mesma forma que a móvel, só que com limites maiores.
Nas últimas semanas, quando a Vivo anunciou a incorporação definitiva da GVT, explicou também que passaria a limitar o consumo dos usuários com franquias bem limitadas. Quanto menor a velocidade contratada, menor o limite de uso. A empresa diz que isso é uma "tendência mundial" e que é também justo, já que quem usa mais deve pagar mais do que os que usam menos.
"A maioria nações e operadoras ainda não limita o uso da banda larga fixa com franquias de dados"
Mas será que os que usam menos vão ter os preços de seus planos reduzidos? É muito provável que não. De qualquer forma, nós resolvemos verificar em alguns outros países se essa tendência também se apresenta. E para nossa “surpresa”, a maioria nações e operadoras ainda não limita o uso da banda larga fixa com franquias de dados.
Vale notar, entretanto, que, em várias regiões da Europa, já existem pacotes com franquia bem limitadas, mas eles custam bem pouco, cerca de 25 euros. Isso equivale a algo em torno de R$ 100, mas é necessário levar em consideração que, por lá, o salário médio é bem maior.
"Em mais de 70% dos países do mundo, até os pacotes mais básicos de internet fixa são ilimitados"
Segundo a União Internacional de Telecomunicações, em mais de 70% dos países do mundo até os pacotes mais básicos de internet fixa são ilimitados do ponto de vista do consumo de dados. Apesar disso, nos EUA, Canadá, Alemanha, Irlanda, México, Japão e Argentina já existem planos ilimitados em paralelo com os limitados sendo comercializados pelas operadoras locais.

América do Norte

Nos EUA, todas as quatro grandes operadoras de internet fixa (AT&T, Comcast, Time Warner e Virizon) impõem limites de consumo de dados em seus planos, assim como as operadoras brasileiras pretendem fazer por aqui. Algumas menores, como a Google Fiber, não praticam essa política, mas elas têm atuação muito limitada geograficamente, assim como Copel Telecom e Live Tim no Brasil.
A diferença entre o nosso mercado e o norte americano é que a média de velocidade da internet é muito mais alta, cerca de 11,9 Mbps contra 3,4 Mbps no Brasil, e os limites de uso de dados são muito maiores do que os planejados pelas nossas operadoras.
Um plano básico com velocidade de 3 Mbps custa cerca de US$ 30 (R$ 106) e tem franquia de dados de 250 GB. Para efeito de comparação, a internet avulsa de 15 Mbps da Vivo/GVT que custa R$ 99 no Paraná tem apenas 120 GB de franquia. Planos mais em conta ficariam ainda mais limitados.
"A diferença entre o nosso mercado e o norte-americano é que a média de velocidade da internet é muito mais alta por lá"
A NET, por sua vez, oferece pacotes ainda mais magros, 15 Mbps por R$ 104 e 80 GB de franquia. Vale lembrar, entretanto, que NET e Oi raramente impõem esses limites a seus clientes, mas não se sabe por quanto tempo isso deve continuar assim. A Vivo, entretanto, pretende fazer isso a partir do primeiro dia de 2017.
No Canadá, os planos mais baratos começam em 25 Mbps com ou sem franquia de dados, e o custo gira em torno dos R$ 70. O país, entretanto, tem um salário médio bem mais alto que o brasileiro.

Europa

Na Europa os planos de internet fixa com limitação por franquia de dados estão se disseminando especialmente na Irlanda e no Reino Unido. Nesses países, os limites podem ser bem baixos, mas há opções bem folgadas e relativamente em conta para contratar. A operadora britânica BT, por exemplo, oferece franquias com o mínimo de 25 GB, mas isso custa apenas o equivalente a R$ 25 ao consumidor.
Dublin, Irlanda
Na Irlanda, os preços dos planos ilimitados e os limitados não são muito diferentes. Você pode encontrar conexões de 4 Mbps com franquia de míseros 3 GB por mês custando 25 euros (R$ 100), mas também pode pagar 40 euros (R$ 160) na Vodafone por 100 Mbps sem limite de uso. A velocidade média da rede por lá chega a 17,4 Mbps.

América Latina

Os planos com limite de uso de dados por franquia na internet fixa já chegaram também à Argentina. Por lá, entretanto, a situação é bem pior que a nossa. Apesar de terem uma velocidade média um pouco melhor que no Brasil, os argentinos pagam mais por isso.
Uma conexão de apenas 3 Mbps na argentina pode custar R$ 129, o que representa 7% do salário da renda média da população, que gira em torno de R$ 1.470. O salário médio no Brasil era de R$ 1.725 no fim de 2015.
Apesar do preço elevando frente ao salário argentino, o custo de vida por lá é bem mais barato que no Brasil, por causa da economia local que tem sofrido perdas há muitos anos. Mesmo com todos os planos sendo limitados por franquias, as operadoras ainda não têm qualquer previsão para começar a impô-las aos usuários, assim como NET e Oi no Brasil.
Buenos Aires, Argentina
No México, a grande maioria dos pacotes não possuem franquias de dados. Planos mais baratos, de 10 Mbps custam cerca de R$ 88, enquanto os mais caros, de 50 Mbps, chegam a R$ 162, valores relativamente similares aos do Brasil.

Está na hora?

O que se tem como certo é que rede de internet no Brasil ainda é muito deficiente, lenta e cara, ainda mais em cidades interioranas. Essas localidades devem ser as maiores afetadas por esses limites de franquia, uma vez que normalmente só possuem uma operadora oferecendo banda larga.
"Acho cedo para falar em mudança de plano antes de universalizar o acesso à internet de alta velocidade"
Por conta disso tudo, o diretor da consultoria Nextcomm, Luiz Santin, que conversou com o jornal Gazeta do Povo, afirma que ainda é muito cedo para começar a limitar a internet fixa no Brasil com franquias de dados.
“Temos a internet mais cara e lenta do mundo. As empresas podem entregar o mínimo de 40% da banda contratada. Além disso, há um grande mercado para ser explorado aqui. Acho cedo para falar em mudança de plano antes de universalizar o acesso à internet de alta velocidade”. Explicou Santin ao periódico.

Mais informações »