sexta-feira, 22 de abril de 2016

Imagem de Pressão popular: Vivo anuncia que vai oferecer planos de internet ilimitada



A operadora Vivo enviou um comunicado ao jornal Estado de S. Paulo informado que não vai mais implementar a franquia para uso de dados na banda larga fixa em todos os planos que comercializa. Com isso, alguns planos oferecerão ao usuário a possibilidade de consumir dados de forma ilimitada, da mesma forma como acontece atualmente.
O comunicado veio depois de muita pressão popular e de o Ministro das Comunicações, André Figueiredo, ter anunciado publicamente que discordava da nova prática da Vivo e das demais operadoras quanto ao limite de dados na banda larga fixa. Figueiredo se viu obrigado a interferir quando a Anatel, por meio de seu presidente, se negou a reverter a situação.
João Rezende, o chefe da agência, chegou a dar declarações polêmicas e amadoras sobre o assunto, dizendo que “a era da internet fixa no Brasil estava acabando” e que a “culpa era de quem joga online”, pois isso supostamente consumiria muita banda, o que não é verdade.
"Figueiredo anunciou nesta semana que iniciaria negociações com as operadoras para que elas ofereçam planos ilimitados"
Figueiredo anunciou nesta semana que iniciaria negociações com as operadoras para que elas ofereçam planos ilimitados em seus portfólios em todas as regiões do Brasil, mesmo que isso custe mais caro. Ao que parece, a Vivo vai seguir esse conselho, mas ainda não há nenhuma informação sobre quanto vai custar definitivamente um plano ilimitado na operadora.
NET e Oi não se pronunciaram ainda sobre o assunto, mas operadoras menores, como a Live TIM e a Copel Telecom, já comentaram anteriormente que não vão implementar o limite de dados nos planos que comercializam.

Pressão popular

É interessante notar que as operadoras que querem implementar os limites em seus planos de banda larga fixa têm sofrido uma imensa pressão popular, especialmente a Vivo, que comprou recentemente a GVT. Essa empresa tinha como principal ponto de venda o fato de seus planos não preverem franquia de dados, uma vez que Oi e NET já trabalhavam dessa forma há alguns anos.
A diferença é que essas duas empresas não praticavam o bloqueio da internet ou a redução da velocidade depois que o cliente atingia o limite da franquia, como uma espécie de gratificação promocional. Elas também não anunciaram planos para começar a impor esses limites.
Nas últimas semanas, diversos abaixo assinados têm circulado pela web com centenas de milhares de assinaturas cada para mostrar o descontentamento generalizado da população sobre o assunto. Se você tem acompanhado o TecMundo nos últimos dias, certamente leu algumas notícias a esse respeito.
"A situação ficou ainda mais intensa quando João Rezende, da Anatel, se posicionou do lado das operadas"
A situação ficou ainda mais intensa quando João Rezende, da Anatel, se posicionou do lado das operadas, dizendo que essa mudança era inevitável e que as empresas deixaram seus clientes mal-acostumados com os planos ilimitados comercializados até hoje.
Uma petição online para remoção de Rezende da presidência da Anatel também começou a ser divulgada entre os internautas. Mais de 30 mil pessoas já participam desse abaixo assinado no Avaaz.


IMAGENs:

Internet fixa com franquia de dados é realmente 'tendência mundial'?



Se você prestou atenção em qualquer notícia além das relacionadas à votação da abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, deve estar sabendo que a Vivo e as demais operadoras do setor de banda larga fixa no Brasil estão tentando implementar mudanças no seu modelo de negócios.
Essas empresas querem agora cobrar dos usuários não apenas por velocidade disponível, mas também pela quantidade de dados que movimentam na rede. Basicamente, a internet fixa funcionaria da mesma forma que a móvel, só que com limites maiores.
Nas últimas semanas, quando a Vivo anunciou a incorporação definitiva da GVT, explicou também que passaria a limitar o consumo dos usuários com franquias bem limitadas. Quanto menor a velocidade contratada, menor o limite de uso. A empresa diz que isso é uma "tendência mundial" e que é também justo, já que quem usa mais deve pagar mais do que os que usam menos.
"A maioria nações e operadoras ainda não limita o uso da banda larga fixa com franquias de dados"
Mas será que os que usam menos vão ter os preços de seus planos reduzidos? É muito provável que não. De qualquer forma, nós resolvemos verificar em alguns outros países se essa tendência também se apresenta. E para nossa “surpresa”, a maioria nações e operadoras ainda não limita o uso da banda larga fixa com franquias de dados.
Vale notar, entretanto, que, em várias regiões da Europa, já existem pacotes com franquia bem limitadas, mas eles custam bem pouco, cerca de 25 euros. Isso equivale a algo em torno de R$ 100, mas é necessário levar em consideração que, por lá, o salário médio é bem maior.
"Em mais de 70% dos países do mundo, até os pacotes mais básicos de internet fixa são ilimitados"
Segundo a União Internacional de Telecomunicações, em mais de 70% dos países do mundo até os pacotes mais básicos de internet fixa são ilimitados do ponto de vista do consumo de dados. Apesar disso, nos EUA, Canadá, Alemanha, Irlanda, México, Japão e Argentina já existem planos ilimitados em paralelo com os limitados sendo comercializados pelas operadoras locais.

América do Norte

Nos EUA, todas as quatro grandes operadoras de internet fixa (AT&T, Comcast, Time Warner e Virizon) impõem limites de consumo de dados em seus planos, assim como as operadoras brasileiras pretendem fazer por aqui. Algumas menores, como a Google Fiber, não praticam essa política, mas elas têm atuação muito limitada geograficamente, assim como Copel Telecom e Live Tim no Brasil.
A diferença entre o nosso mercado e o norte americano é que a média de velocidade da internet é muito mais alta, cerca de 11,9 Mbps contra 3,4 Mbps no Brasil, e os limites de uso de dados são muito maiores do que os planejados pelas nossas operadoras.
Um plano básico com velocidade de 3 Mbps custa cerca de US$ 30 (R$ 106) e tem franquia de dados de 250 GB. Para efeito de comparação, a internet avulsa de 15 Mbps da Vivo/GVT que custa R$ 99 no Paraná tem apenas 120 GB de franquia. Planos mais em conta ficariam ainda mais limitados.
"A diferença entre o nosso mercado e o norte-americano é que a média de velocidade da internet é muito mais alta por lá"
A NET, por sua vez, oferece pacotes ainda mais magros, 15 Mbps por R$ 104 e 80 GB de franquia. Vale lembrar, entretanto, que NET e Oi raramente impõem esses limites a seus clientes, mas não se sabe por quanto tempo isso deve continuar assim. A Vivo, entretanto, pretende fazer isso a partir do primeiro dia de 2017.
No Canadá, os planos mais baratos começam em 25 Mbps com ou sem franquia de dados, e o custo gira em torno dos R$ 70. O país, entretanto, tem um salário médio bem mais alto que o brasileiro.

Europa

Na Europa os planos de internet fixa com limitação por franquia de dados estão se disseminando especialmente na Irlanda e no Reino Unido. Nesses países, os limites podem ser bem baixos, mas há opções bem folgadas e relativamente em conta para contratar. A operadora britânica BT, por exemplo, oferece franquias com o mínimo de 25 GB, mas isso custa apenas o equivalente a R$ 25 ao consumidor.
Dublin, Irlanda
Na Irlanda, os preços dos planos ilimitados e os limitados não são muito diferentes. Você pode encontrar conexões de 4 Mbps com franquia de míseros 3 GB por mês custando 25 euros (R$ 100), mas também pode pagar 40 euros (R$ 160) na Vodafone por 100 Mbps sem limite de uso. A velocidade média da rede por lá chega a 17,4 Mbps.

América Latina

Os planos com limite de uso de dados por franquia na internet fixa já chegaram também à Argentina. Por lá, entretanto, a situação é bem pior que a nossa. Apesar de terem uma velocidade média um pouco melhor que no Brasil, os argentinos pagam mais por isso.
Uma conexão de apenas 3 Mbps na argentina pode custar R$ 129, o que representa 7% do salário da renda média da população, que gira em torno de R$ 1.470. O salário médio no Brasil era de R$ 1.725 no fim de 2015.
Apesar do preço elevando frente ao salário argentino, o custo de vida por lá é bem mais barato que no Brasil, por causa da economia local que tem sofrido perdas há muitos anos. Mesmo com todos os planos sendo limitados por franquias, as operadoras ainda não têm qualquer previsão para começar a impô-las aos usuários, assim como NET e Oi no Brasil.
Buenos Aires, Argentina
No México, a grande maioria dos pacotes não possuem franquias de dados. Planos mais baratos, de 10 Mbps custam cerca de R$ 88, enquanto os mais caros, de 50 Mbps, chegam a R$ 162, valores relativamente similares aos do Brasil.

Está na hora?

O que se tem como certo é que rede de internet no Brasil ainda é muito deficiente, lenta e cara, ainda mais em cidades interioranas. Essas localidades devem ser as maiores afetadas por esses limites de franquia, uma vez que normalmente só possuem uma operadora oferecendo banda larga.
"Acho cedo para falar em mudança de plano antes de universalizar o acesso à internet de alta velocidade"
Por conta disso tudo, o diretor da consultoria Nextcomm, Luiz Santin, que conversou com o jornal Gazeta do Povo, afirma que ainda é muito cedo para começar a limitar a internet fixa no Brasil com franquias de dados.
“Temos a internet mais cara e lenta do mundo. As empresas podem entregar o mínimo de 40% da banda contratada. Além disso, há um grande mercado para ser explorado aqui. Acho cedo para falar em mudança de plano antes de universalizar o acesso à internet de alta velocidade”. Explicou Santin ao periódico.

VLC Player chega ao Xbox One na semana que vem



 Os desenvolvedores do VLC Player anunciaram por meio de uma postagem em seu blog oficial que o seu app no formato Universal Windows Platform (UWP) está prestes a ser liberado em fase beta para os testadores. Quem tem um Xbox One de desenvolvedor já poderá baixar o player na semana que vem.
Quando a loja de apps UWP estiver online definitivamente no Xbox One, o VLC Player já estará disponível para baixar, sendo um dos primeiros apps do segmento a desembarcar no console. Quem tem smartphones ou computadores Windows 10 poderá baixar e testar o novo VLC em meados de maio, mas não há uma data muito certa para a liberação.
O software foi totalmente reconstruído utilizando as diretrizes da Microsoft para apps UWP, que se adaptam e podem funcionar em PCs, smartphones, tablets e consoles sem maiores personalizações.

Infelizmente, ainda não temos informações sobre todas as possibilidades do app. Ou seja, não sabemos se todas as ferramentas do VLC original para desktops (x86/x64) estarão ou não aqui. Espera-se, entretanto, que pelo menos as possibilidades de transmissão de vídeo sem fio para monitores e aparelhos de streaming de mídia sejam mantidas.

FONTE:


sexta-feira, 15 de abril de 2016

Rede social Versy aproxima desconhecidos com gostos em comum; confira



Nesta semana, uma nova rede social foi lançada simultaneamente no Brasil, no México e nos Estados Unidos. Estamos falando da Versy, que promete conectar usuários desconhecidos, mas que contam com interesses em comum — funcionando de um modo parecido com que vimos em outras redes de fóruns no passado, porém com uma interface mais amigável e intuitiva.
A Versy também permite que qualquer pessoa crie conteúdos próprios ou compartilhe itens de outras redes sociais. Com isso, os desenvolvedores afirmam que as timelines sempre ficam repletas de materiais para a conexão entre diferentes pessoas. Uma característica legal é que, durante o cadastro, você seleciona temas de seu interesse que são utilizados para filtrar o conteúdo apresentado.
Recém chegado ao Brasil, o app ainda conta com poucos usuários cadastrados, mas pode ser uma boa pedida para quem quer ler notícias sobre temas de seu interesse e conhecer pessoas que gostam das mesmas coisas. Por exemplo: ao criar um post público, outros usuários podem se juntar a ele para conversar a respeito do tema. Também é possível enviar mensagens privadas a um perfil em específico.
Outro foco do app está em seguir canais e personalidades. De acordo com Fabiana Garcia (diretora de marketing do Versy no Brasil): "O aplicativo une todos os temas para criar uma comunidade online de pessoas com as mesmas paixões. (…) Estamos lançando a plataforma por aqui com canais parceiros cuidadosamente escolhidos, que trazem conteúdo único e que têm a cara dos nossos usuários.".
FONTEs:

Apple está trabalhando em um novo sistema de buscas para a App Store



Mesmo o usuário mais dedicado aos produtos da Apple deve admitir que o sistema de buscas da App Store está longe de ser perfeito. Com a disponibilidade cada vez maior de aplicativos e soluções no espaço virtual, não raras vezes é difícil encontrar exatamente aquilo que se procura devido à poluição causada por softwares com nomes estranhos e baixa qualidade.
Ciente disso, a companhia criou um “time secreto” cujo objetivo é estabelecer mudanças que facilitem a vida dos consumidores. Segundo informações obtidas pela Bloomberg, a empresa cogita realizar cobranças entre os desenvolvedores para ajudar a promover determinados programas — algo que pode aumentar a disparidade entre nomes desconhecidos e criadores independentes.
O sistema deve trabalhar de forma semelhante ao que a Google faz com seu sistema de buscas: companhias que pagam determinada quantidade de dinheiro ganham destaque na App Store dependendo das palavras-chave usadas pelos consumidores. Com isso, a organização teria um meio fácil de expandir seus lucros, se aproveitando das verbas crescentes destinadas ao marketing de games mobile como Clash of Clans.

Processo em andamento


Cerca de 100 funcionários da Apple estão trabalhando no projeto, incluindo muitos engenheiros que participam do programa iAD. O principal responsável pela iniciativa é Todd Teresi, vice-presidente da companhia que também lidera o grupo focado em publicidade.
Além de implementar o novo sistema pago, a empresa está procurando fazer aprimoramentos na maneira como os consumidores navegam pelos conteúdos disponíveis. O Bloomberg afirma que a iniciativa só começou a trabalhar recentemente, o que significa que pode demorar um pouco até que alguma novidade seja anunciada ao público.

quinta-feira, 14 de abril de 2016

É do Brasil! A nossa Anatel ajudou a vazar o novo Xbox


A Agência Nacional de Telecomunicação ( Anatel ) PODE ter SIDO Responsável Por Um grande vazamento na Indústria jogos DOS: o Orgão NÃO possui MUITAS restrições de embargo e deixou Escapar Uma foto de Um Novo modelo do Xbox One . 
Durante Uma Investigação a Respeito de rumores de Um Novo console, Usuários do fórum NeoGAF descobriram o registro Abaixo, de hum modelo 1682 de Xbox. A Imagem AINDA Mostra Que o Protótipo E, na Verdade, o modelo 1683  
O PRODUTO Teve um Homologação solicitada e publicizada nenhum site, O Que Significa Que há o Interesse da Microsoft  de comercializá-lo no Brasil. 
Valeu, a Anatel!
Não Há INFORMAÇÕES concretas Sobre o Que é esse tal modelo misterioso (Veja como Possíveis especulações Mais abaixo), mas Uma Coisa E Certa: independente de Quantas alterações FOREM Feitas, a VEM aí Uma Nova Versão do Xbox.

Onde há Fumaça, fogo há

Tudo começou when o Usuário Ekim fazer NeoGAF encontrou hum Pedido de Homologação e teste da Microsoft Para Um Novo PRODUTO na FCC (Federal Communications Comission, um equivalente da Anatel Nos EUA). A Agência Precisa aprovar QUALQUÉR Dispositivo com Tecnologia de Transmissão de Dados e, pingos de Liberar a venda em Território norte-americano, Deixa sempre on-line hum Relatório com Dados produto Cada Relevantes Sobre.
Uma das Páginas da Documentação na FCC.
Duas were solicitações: 1682 e 1683 . Ambos utilizam o MESMO chips de Wi-Fi, catalogado Como C3K1525 na FCC e USADO não Xbox One. E pura especulação, É Verdade, mas a Diferença de APENAS UM numeral PODE Indicar versões Diferentes de hum MESMO Dispositivo. Só Que Nem Falamos Ainda o Mais curioso: o Segundo PEDIDO, faça 1683, inclui hum Documento Chamado Manual do Utilizador 1525 - nada Mais de e fazer o manual O Que de Informações de Segurança do Xbox original.      

Muita calma nessa hora

São cabelo Menos Três como Possibilidades PARA O novo Xbox, com graus Diferentes de modificação. Só saberemos Qual delas e A Verdadeira DEPOIS de Mais vazamentos UO com o anuncio oficial da marca.
1) Uma version magro
Uma Versão menor do Xbox um e Já datada Uma especulação also, Sendo that Alguns Falam em hum modelo SOMENTE COM SUPORTE PARA mídias Digitais. De QUALQUÉR forma, ESSA hipótese Aposta em hum modelo provavelmente Mais compacto e barato, com TODOS OS Recursos do console original.
2) Uma version 1.5 com 4K
O PS4 Muito possivelmente vai Uma Ganhar Versão 4K  e hardware com aprimorado em breve - e, embora Phil Spencer tenha dito NÃO Ser Tão fà da ideia , ELE NÃO descartou Uma Mudança substancial no Aparelho. Console de um "Xbox 1.5" apresentaria Público ao, página Outros Entre Fatores, um altissima Resolução Incrível Tecnologia HDR Nos jogos. ELE AINDA PODE Ser o modelo Que suporta  atualizações de hardware , Como se fosse hum PC.    
3) Uma simples Atualização
Praticamente QUALQUÉR alteração na Composição de hum Aparelho Exige Que ele seja Novamente homologado na Anatel, na FCC e por ai vai - afinal, a version aprovada era Outra, MESMO that como Mudanças Sejam Mínimas. Dai VEM a Terceira possibilidade: Esse novo Xbox Uma PoDE Ser Menos Nada fazer that Uma Revisão em Alguma Componente placa UO, sem Change significativamente nada PARA O Consumidor.

Essa E3 vai bombar?

A Revisão dos Dados dos Novos modelos de Xbox Um TEM UM embargo com expiração Marcada parágrafo 25 de junho, cerca de 10 dias Depois da E3 2016 - e e Ai Que Entra a Anatel, that NÃO possui tal Bloqueio e publicou livremente a foto that rápido Você Viu sem Comeco Desta Matéria. A PODE NÃO dados significar nada, mas o Mês è sempre Especial para O Público e como Grandes marcas POR Conta da Maior Feira da Indústria. A Nintendo PODE USAR A Época TAMBÉM PARA O anuncio oficial do NX , o Que significa that TEMOS uma chance de ver tres "Novos" hardwares daqui um Dois meses. 
Rápido Você Já está Preparado?
Tambem nao è Certo Que o modelo homologado na Anatel e Os Dois Pedidos da FCC São equivalentes, mas uma Descoberta Conjunta ESTÁ longe de Ser APENAS Coincidência. Como Tudo NÃO passa de pura Interpretação, especulação e Paciência.
FONTE (S)
IMAGEN (S)

sábado, 9 de abril de 2016

Esse robô-impressora parece uma assustadora aranha do futuro [vídeo]




Fibra de vidro e cola: são praticamente esses materiais que foram a teia da impressora 3D Cocooner, uma máquina que parece ter saído de um filme sci-fi. Diferente de outros gadgets do ramo, a Cocooner simplesmente monta estruturas por meio de um braço suspenso que lembra a aparência de uma aranha.
O sistema aquece e aglutina esse material de fibra de vibra em uma resina que pode ser moldada da maneira que o usuário quiser. Como você pode ver, a estrutura é montada de baixo para cima, se mantendo em pé com uma precisão extrema.
O 3D Cocooner ainda não chegou ao mercado. Mas a ideia dos desenvolvedores é realmente levar o produto para as prateleiras. Para conseguir mais informações, acesse o site oficial da impressora/braço 3D.
FONTE(S)

Hercules: este computadorzinho pequeno vai deixar muito desktop no chinelo

Sim, é do tamanho da palma!


A Hercules Computing revelou esta semana a proposta de um novo projeto de computador compacto através de uma campanha no Kickstarter. Conhecido simplesmente como Hercules, o dispositivo promete entregar o desempenho de um PC de mesa em um formato compacto que cabe em praticamente qualquer bolso.
A promessa dos desenvolvedores é que os apoiadores vão ter direito a receber um produto baseado em um processador Cherry Trail da Intel com 4 GB de memória RAM. Outras características do dispositivo incluem a capacidade de armazenamento de 128 GB, conectividade wireless, uma porta USB 3.0 e conectividade HDMI.
“Você pode usar o Hercules PalmTop como um PC portátil e um minidesktop em sua casa ou trabalho. Como ele incorpora o mesmo sistema Windows 10 (o Ubuntu também) que seu PC pessoal ou do escritório em um tamanho compacto, você não precisa gastar tempo e dinheiro em versão mobile de aplicativos”, explicam os criadores do projeto.
O Hercules realmente cabe em seu bolso
No momento em que está notícia vai ao ar, o projeto já acumulou US$ 36,439 (R$ 132 mil) dos US$ 71,5 mil (R$ 259 mil) de que precisa para se tornar realidade. Caso você esteja interessado na novidade, é preciso doar pelo menos US$ 199 (R$ 722) para conseguir uma unidade acompanhada por um adaptador micro USB e um cabo HDMI.
FONTE(S)

quarta-feira, 16 de março de 2016

Google Play Store vai permitir testar jogos sem fazer download


Durante a Google Developer Day que aconteceu ontem (14), a Google revelou que dentro de algumas semanas será lançado o recurso “Search Trial Run Ads” para a Google Play Store. O serviço permite aos jogadores testarem um jogo sem a necessidade de realizar a compra ou o download, acessando uma demonstração diretamente na tela de pesquisa.
Em uma próxima atualização será possível experimentar jogos antes de baixá-los a partir dos resultados de busca. Quando procurarmos um título a partir do Google, poderemos ver a nova opção “Test Now” para executar uma demonstração em streaming durante 10 minutos no máximo. Estes novos anúncios serão exibidos somente quando estamos conectados a uma rede Wi-Fi.
Além disso, a Google Android ofertou aos desenvolvedores a possibilidade de incluir um novo recurso aos jogos que permite a qualquer um fazer streaming ao vivo de seus jogos, além de adicionar vídeos. Uma vez encerrada a transmissão, será tão fácil como mandar um vídeo para o YouTube para compartilhamento.
Por enquanto, não há maiores detalhes sobre o assunto, mas a possibilidade poderá vir “nos próximos meses”, ampliando as opções dentro da grande comunidade de pessoas que desfrutam dos jogos via streaming procedentes de diversas plataformas.
FONTE(S)

Novas tecnologias permitem construir estação na Lua mais barata até 2022


 De acordo com a revista Popular Science, na reunião, que aconteceu em agosto de 2014, mas só foi divulgada agora, discutiu-se a possibilidade de montar uma pequena estação lunar até 2022 com até US$ 10 bilhões. Entre os cientistas e astrônomos presentes estava o astrobiólogo Chris McKay, da NASA , além de George Church e Peter Diamandis, da X Prize Foundation.
Apesar de ter ocorrido há quase dois anos, os resultados do encontro só foram divulgados agora. A expectativa é que uma pequena estação lunar seja construída até 2022 no valor de 10 bilhões de dólares - o programa Apollo, que levou o homem à Lua pela primeira vez custou o equivalente a 150 bilhões de dólares.
Este valor relativamente baixo é justificado pelo avanço na tecnologia. A migração espacial pode ser facilitada pelo uso de impressoras 3D, robôs, carros autônomos e privadas recicladoras, o que deixa tudo ainda mais fácil e barato.
Estação espacial
A grande vantagem de ocupar de vez a Lua, é que ela pode servir de ponte para outras viagens espaciais, principalmente a de Marte, que deve ser ocupado em 2030. "Para mim, a Lua é tão sem graça quanto uma bola de concreto. Mas não teremos uma base de pesquisa em Marte se não fizermos isso primeiro na Lua", afirma o astrobiólogo Chris Mckay.
Construir uma estação na Lua seria uma espécie de simulação para o planeta vermelho, permitindo testar os sistemas de propulsão, comunicações, adaptação e formas de sobrevivência para os astronautas.
A ocupação humana da Lua provavelmente começará devagar, com estadias curtas por uma pequena equipe. As missões ficariam por mais tempo até que se tenha uma estação permanentemente ocupada, bem como a Estação Espacial Internacional.
FONTE(S)
IMAGEN(S)

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

OnePlus vai lançar um top de linha completamente remodelado em 2016


Quem nunca quis um smartphone OnePlus? Ótimo hardware, design que enche os olhos, um sistema bem interessante e o preço acessível para um aparelho top de linha. Por isso, a expectativa para a terceira versão do smartphone One está grande.
Em conversa com o CNet, o fundador da OnePlus, Carl Pei, comentou que o OnePlus One 3 deve chegar no final do próximo trimestre. Pei não adiantou qualquer coisa sobre especificações e recursos novos, porém, ele disse que o novo top de linha vai apresentar um design "cativante".
A ideia é atrair o público da mesma maneira que o primeiro smartphone OnePlus conseguiu. Na época, ele trouxe um design pouco explorado pelo mercado e acabou puxando os olhos do público e mídia. O lançamento inicial do One 3 deve ser no mercado norte-americano. Outro rumor é que a OnePlus pode abandonar o sistema de convites para compras, deixando-as abertas desde o início. 
Fonte:CNET
Imagem:ANANDTECH

sábado, 20 de fevereiro de 2016

China quer encontrar ETs e vai tirar 9 mil pessoas das casas para isso


Mais informações e detalhes:
http://www.tecmundo.com.br/astronomia/99753-china-quer-encontrar-ets-tirar-9-mil-pessoas-casas.htm
A China está obstinada no plano de encontrar vida extraterrestre — e não se importa com as consequências. Segundo o The New York Times, 9 mil pessoas serão desalojadas na província de Guizhou para a construção de um sistema de comunicação definitivo com os seres espaciais.
Trata-se do telescópio a rádio Fast, que custará aproximadamente R$ 732 milhões. Quando finalizado, em setembro de 2016, ele terá 500 metros de diâmetro (a estrutura principal é contornada em forma circular) e será o maior do mundo em sua categoria. Serão 4,5 mil paineis triangulares que criarão uma "superantena parabólica" que refletirá sinais de rádio de vários pontos do universo.
É verdade que detectar sinais alienígenas no espectro terrestre não é o único objetivo do telescópio (ele também buscará fenômenos físicos no espaço, como buracos negros, pulsares e nuvens gasosas), mas é a pesquisa com ETs que mais causou indignação.
Publicidade
Ao todo, 2.029 famílias serão relocadas para que um ambiente eletromagnético e sonoro propício seja criado na região — que é uma das mais pobres de toda a China. Cada pessoa receberá o equivalente a R$ 7,16 mil para adquirir uma nova residência. A remoção de famílias para grandes obras é comum na China.

Robô que corta e consome colesterol pode salvar milhões de vidas

O Colesterol não é exatamente danoso ao corpo humano, mas abusos na alimentação podem fazer com que ele seja um verdadeiro vilão para a nossa saúde. Se presente em excesso, pode se acumular nos vasos sanguíneos e, no pior dos casos, bloquear completamente a corrente sanguínea em determinados pontos.
Acabar com esses depósitos mortais do colesterol ruim é o objetivo de uma tecnologia conceitual criada na Rússia, a Cholesterol Removal Machine. De acordo com o cientista responsável pelo desenvolvimento da ideia, trata-se de um único dispositivo capaz de remover esses acúmulos de forma não cirúrgica e definitiva.
O dispositivo parece uma caneta minúscula e entraria na corrente sanguínea pela artéria femural. Usando câmeras e o próprio fluxo do corpo, ela chegaria até o local em que há depósitos de colesterol para começar o trabalho. Primeiro, a corrente do vaso sanguíneo é selada para que a substância removida não escape. Em seguida, uma lâmina começa a cortar o acúmulo, que é "absorvido" em cilindros que fazem parte do equipamento. Por conta de vasos de diferentes tamanhos e gordura com densidades variadas, quatro tipos de lâminas seriam criadas para servir a todos os casos.
Publicidade
Segundo o criador do conceito, um terço das mortes em todo o mundo é causada por doenças que têm, entre outras causas, depósitos de colesterol como agravantes. Essa tecnologia, que ainda não existe fora do papel, ajudaria a salvar milhões de vidas ao redor do planeta de um jeito fácil e acessível para médicos.
FONTE(S)

Zika Vírus é “usado” para infectar o computador dos internautas



O Zika Vírus está se espalhando pelo Brasil de uma maneira rápida, e isso tem chamado a atenção das autoridades e organizações de saúde. Por mais incrível que pareça, cibercriminosos – que trabalham com outros tipos de vírus – também estão se interessando pelo assunto, tudo por conta do oportunismo de mandar emails com arquivos maliciosos sobre a doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.
A campanha de spam malicioso aproveita o interesse global sobre a disseminação da enfermidade, chamada pelo diretor da OMS (Organização Mundial da Saúde) de “acontecimento extraordinário”, para infectar os dispositivos dos usuários com o malware JS.Downloader.

Fique atento aos links em que você clica

Assim como os demais emails mal-intencionados, o princípio é o mesmo: os golpistas se passam por pessoas de um site chamado Saúde Curiosa e mandam mensagens com títulos chamativos. O email em questão tem o seguinte título: “ZIKA VIRUS! ISSO MESMO, MATANDO COM ÁGUA!”.
Publicidade
Ele utiliza imagens e texto retirados de uma matéria publicada no site, mas inclui botões para instigar a curiosidade do destinatário, como “A eliminação do mosquito! Clique Aqui!” e “Instruções para seguir! Baixe!”. Junto com os links, há um arquivo anexado, que insere diversos malwares no sistema.
Os links redirecionam ao serviço de encurtamento de URL Bitly, que leva o usuário até o serviço de hospedagem de arquivos Dropbox, que contém o mesmo executável anexado na mensagem (JS.Downloader). A principal recomendação, como sempre, é que os usuários não cliquem em mensagens não solicitadas, independente do assunto.
FONTE(S)
IMAGEN(S)

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Conheça os Jogos Online Mais Afetados Pelos Cibercriminosos

Considerando o grande fluxo de notícias e campanhas sobre os perigos da navegação na internet, muitas pessoas acreditam que os riscos limitam-se apenas aos downloads de arquivos e transações bancárias. Todavia, as ameaças escondem-se, inclusive, nos aparentemente inofensivos jogos online – tanto para smartphone quanto para computador – e aumentam cada vez mais o número de vítimas.
A surpresa maior se dá pela plataforma smartphone, que é a mais utilizada pelos jogadores brasileiros, cerca de 82%. Tendo em vista que o aparelho vem substituindo gradualmente as outras tecnologias e concentrando a maior parte dos dados pessoais dos usuários, o risco torna-se ainda maior, pois os cibercriminosos desenvolvem softwares maliciosos para ter acesso às informações.

É claro que o computador não deixa de ser menos perigoso por conta disso. Os players enfrentam as mesmas armadilhas nessa plataforma, com a diferença exatamente na elevação do nível de segurança quando se trata do desktop. Os criminosos buscam, assim como nos smartphones, dados bancários, credenciais de acesso, senhas de redes sociais, entre outras informações que lhes sejam rentáveis.
Objetivando alertar e proteger os usuários, a Bitdefender (www.bitdefender.com.br) elaborou um infográfico que mostra tudo o que os jogadores online precisam saber para garantir a segurança. Os resultados evidenciam as principais ameaças para ambos dispositivos, os jogos mais suscetíveis a infecções e os cuidados ao se aventurar nesses games. Você joga Call of Duty, World of Warcraft ou Candy Crush? Então não pode perder esse infográfico!
Sobre a Bitdefender

Ganhadora de vários prêmios que expressam a qualidade e eficiência na detecção de ameaças online, a Bitdefender já conquistou o mercado de softwares de proteção. A empresa investe, desde 2001, em ferramentas que visam qualificar ainda mais seus produtos, garantindo maior segurança para o usuário sem afetar o desempenho do dispositivo, seja no smartphone ou nos computadores empresariais e residenciais.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Cientistas decodificam respostas cerebrais e até já 'adivinham' pensamentos

A partir de eletrodos implantados no lobo temporal de pacientes de epilepsia, cientistas da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, acreditam terem decodificado sinais cerebrais "quase na velocidade da percepção". Eles teriam adquirido a capacidade de prever com mais de 95% de precisão quais imagens os voluntários estariam visualizando em determinado momento
.
O objetivo dos cientistas era estudar como o cérebro humano "percebe" objetos e, depois, como seria possível usar um computador para extrair e prever que imagem alguém está vendo e processando em tempo real.
No estudo, sete pacientes com epilepsia que participavam de outra pesquisa tiveram eletrodos implantados no lobo temporal, região em que normalmente são iniciadas as convulsões. Duas características foram estudasa: os potenciais relacionados a eventos (ou seja, respostas a estímulos visuais) e as mudanças de espectro em larga escala durante um estímulo.
Como aconteceu
Os voluntários assistiram em um monitor uma sequência aleatória de imagens (com transição de 400 milissegundos) mostrando rostos humanos e casas, além de telas completamente cinzas. O objetivo era buscar uma casa de cabeça para baixo. Diferentes respostas de diferentes eletrodos foram recebidas, de acordo com a "sensibilidade" da pessoa em encontrar pessoas ou casa.
As diferenças nos estímulos quando a imagem é de casa ou pessoa
Esses sinais foram digitalizados em forma de amostras em um software para terem as características extraídas. Os dados foram analisados para determinar qual combinação de eletrodos e sinais correlacionados tinha a ver com o que a pessoa acabava de asssistir. Assim, foi possível treinar um algoritmo para estudar os dados de dois terços das respostas cerebrais dos voluntários e adivinhar se as últimas respostas dos eletrodos eram de uma casa, uma pessoa ou a tela cinza — feito conseguido em 96% das tentativas.
Se desenvolvido para a prática, o estudo pode levar até a um sistema de comunicação com pacientes impedidos de falar ou mover o rosto por alguma paralisia ou derrame, por exemplo.
IMAGEN(S)