segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Cientistas decodificam respostas cerebrais e até já 'adivinham' pensamentos

A partir de eletrodos implantados no lobo temporal de pacientes de epilepsia, cientistas da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, acreditam terem decodificado sinais cerebrais "quase na velocidade da percepção". Eles teriam adquirido a capacidade de prever com mais de 95% de precisão quais imagens os voluntários estariam visualizando em determinado momento
.
O objetivo dos cientistas era estudar como o cérebro humano "percebe" objetos e, depois, como seria possível usar um computador para extrair e prever que imagem alguém está vendo e processando em tempo real.
No estudo, sete pacientes com epilepsia que participavam de outra pesquisa tiveram eletrodos implantados no lobo temporal, região em que normalmente são iniciadas as convulsões. Duas características foram estudasa: os potenciais relacionados a eventos (ou seja, respostas a estímulos visuais) e as mudanças de espectro em larga escala durante um estímulo.
Como aconteceu
Os voluntários assistiram em um monitor uma sequência aleatória de imagens (com transição de 400 milissegundos) mostrando rostos humanos e casas, além de telas completamente cinzas. O objetivo era buscar uma casa de cabeça para baixo. Diferentes respostas de diferentes eletrodos foram recebidas, de acordo com a "sensibilidade" da pessoa em encontrar pessoas ou casa.
As diferenças nos estímulos quando a imagem é de casa ou pessoa
Esses sinais foram digitalizados em forma de amostras em um software para terem as características extraídas. Os dados foram analisados para determinar qual combinação de eletrodos e sinais correlacionados tinha a ver com o que a pessoa acabava de asssistir. Assim, foi possível treinar um algoritmo para estudar os dados de dois terços das respostas cerebrais dos voluntários e adivinhar se as últimas respostas dos eletrodos eram de uma casa, uma pessoa ou a tela cinza — feito conseguido em 96% das tentativas.
Se desenvolvido para a prática, o estudo pode levar até a um sistema de comunicação com pacientes impedidos de falar ou mover o rosto por alguma paralisia ou derrame, por exemplo.
IMAGEN(S)

Samsung confirma a data de anúncio oficial do Galaxy S7

Supostas fotos finais do Galaxy S7 e S7 Edge

"Se prepare para repensar o que o seu smartphone consegue fazer. #TheNextGalaxy vai ser revelado no Unpacked em 21 de fevereiro". É com essa descrição que a Samsung disponibilizou um novo vídeo em seu canal oficial no YouTube, finalmente confirmando que o "próximo Galaxy" está prestes a ser apresentado aos consumidores.
A reprodução dá especial destaque para a realidade virtual, assunto que tem chamado cada vez mais atenção da indústria tecnológica. O vídeo mostra uma pessoa usando um Gear VR e olhando para uma caixa fechada, que provavelmente deve conter o novíssimo Galaxy S7.



O Samsung Unpacked 2016 vai acontecer no dia 21 de fevereiro e alguns veículos da imprensa internacional já começaram a receber seus convites. Portanto, será nesse evento que a sul-coreana apresentará oficialmente o Galaxy S7 e o Galaxy S7 edge para o público.

FONTE(S)

Vazam as supostas fotos finais do Galaxy S7 e S7 Edge

Especialista em vazamentos @evleaks publicou o que devem ser as ilustrações oficiais enviadas para lojas e para a imprensa do Galaxy S7 e do Galaxy S7 Edge, os próximos smartphones top de linha da Samsung.
O visual bate com modelos 3D vazados anteriormente, mas agora é possível ter uma boa ideia do dispositivo em cor, acabamento e tamanho — a versão com bordas laterais ficou consideravelmente maior, enquanto a tradicional manteve as proporções anteriores.
Confira:
As diferenças no design não são nada gritantes e as comparações com o iPhone devem permanecer. Entre os rumores ainda não solucionados, há indicativos de que os aparelhos terão suporte para cartão microSD, resistência à água e baterias bem maiores.
FONTE(S)
IMAGEN(S)

sábado, 19 de dezembro de 2015

Atenção: navegar na web pode ficar menos seguro a partir de 1º de janeiro


Ter uma certa dose de proteção ao navegar pela web é algo imprescindível, principalmente com o número progressivamente maior de pessoas conectadas à internet. O dia 1º de janeiro de 2016, porém, pode trazer à tona um problemão para quem está acostumado a visitar páginas de comércio eletrônico, checar emails ou realizar operações bancárias online. Isso porque um órgão internacional decidiu atualizar um dos protocolos de segurança mais aceitos pelo mundo afora e a mudança, muito provavelmente, deve afetar o Brasil.
Recentemente, o CA/Browser – grupo que controla as políticas de encriptação na web – chegou ao consenso de que a navegação precisa ficar ainda mais segura. Ao que parece, o SHA-1, atual versão do mecanismo de segurança usado por uma infinidade de sites para garantir que se trata de um link seguro, se tornou obsoleto e precisa ser substituído. O que isso significa na prática? Que as URLs que ainda estiverem com esse certificado no ano que vem não receberão nem o “https” nem o ícone de cadeado na barra de endereço dos navegadores.
O problema com isso é exatamente a necessidade de suporte dos browsers ao novo protocolo, que deve se chamar SHA-2. Enquanto computadores e dispositivos mobile mais recentes podem ter seus programas e aplicativos atualizados para conversar com o sistema programado para janeiro, a mesma coisa não pode ser dita de equipamentos mais velhos – itens bastante representativos em países emergentes. Com isso, estima-se que cerca de 40 milhões de pessoas pelo mundo percam acesso a lojas, bancos, redes sociais e outros serviços.
Esse quadro preocupante é esperado porque diversos dos softwares mais antigos devem sofrer em dois frontes: ficando expostos a investidas de criminosos e ameaças virtuais ou, simplesmente, tendo acesso negado a páginas como Facebook, Gmail e outros serviços que precisam garantir a segurança do perfil do usuário. Somente na China, a expectativa é de que pelo menos 6% dos internautas sejam afetados logo depois do Ano Novo. Na África, no Oriente Médio e até em algumas nações da América do Sul, o número pode variar de 2,5% a 5,3%

Mexeu no bolso? Vamos resolver!

Claro que uma porcentagem tão expressiva de consumidores em potencial colocou gigantes da web em alerta, e alguns deles estão trabalhando para reverter essa situação. É o caso da CloudFlare, que lembra que “a internet não é formada apenas de caras com os laptops mais recentes e um iPhone 6” e procura conscientizar os envolvidos na decisão de que é preciso pensar nos mercados em que a atualização do hardware não é tão simples – ou barata. O Facebook, por sua vez, já está colocando algumas de suas cartas na mesa.
A companhia propõe que o CA/Browser volte atrás em algumas das decisões para o dia 1º de janeiro e abrande um pouco as exigências do SHA-2, pelo menos nesse primeiro momento. Uma das soluções propostas pelos profissionais da rede social é a implementação de um mecanismo inteligente que distribua certificados conforme a plataforma ou navegador do internauta. A galera com aparelhos mais novos receberia o novo protocolo, enquanto alguém no Windows XP ou versão desatualizada do Android e iOS ficaria com o SHA-1.
Jeremy Rowley, um dos representantes do órgão de certificação, disse em entrevista ao BuzzFeed News que, apesar de o update de segurança ser absolutamente necessário, ele entende os pontos levantados por ambas as empresas – mas que tudo depende de uma coalização ainda maior de envolvidos. “Há um interesse cada vez maior nas propostas do Facebook, mas isso exige o consentimento de todos os [desenvolvedores de] navegadores em algum grau... Incluindo Google,Microsoft, Apple e Mozilla”, explicou o executivo.
Se você não está tão para trás no segmento de tecnologia, não há com o que se preocupar em relação a esse assunto, já que as versões mais recentes do Chrome, Firefox, Safari e Edge – seja no desktop ou nas plataformas mobile – estão de acordo com o SHA-2. No entanto, se o seu celular ou PC é mais datado, é melhor guardar uma parte do 13º salário para fazer umas compras de fim de ano.
Fonte: Tecmundo

sábado, 12 de dezembro de 2015

GoPro Karma é o nome do drone que chegará em 2016

karma-gopro-hed-2015
Foi no ano passado que começaram os rumores sobre o lançamento de um drone por parte da GoPro. O nome do drone é “Karma” e chegará durante 2016.
A GoPro é a grande líder no segmento das câmaras de ação, com vários modelos nas mais variadas gamas de preço. Com uma qualidade muito apreciada pelos fãs da mesma, hoje já conseguimos qualidade 4K com os últimos modelos da câmara. Há um novo mercado que tem ganho muitos fãs, os drones e as filmagens utilizando estes aparelhos, o que acaba por ser normal esta novidade.
A GoPro já oficializou o nome do seu drone: “Karma”. Ainda pouco se sabe sobre o mesmo, a não ser que o gravará em 4K e que terá um estabilizador de imagem muito interessantes, tendo em conta a filmagem captada pelo drone já divulgada. Ainda não se sabe mais nada, mas a apresentação do Karma poderá acontecer no CES 2016, que decorrerá em janeiro em Las Vegas. Para já, fique com o vídeo feito com o drone:



FONTE(S)www.tecnologia.com.pt

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

X-Men Apocalipse: trailer oficial mostra mutantes novos e vilão ancestral






A 20th Century Fox divulgou o primeiro trailer oficial de X-Men: Apocalipse, aguardada terceira parte da trilogia atual dos mutantes nos cinemas.
X-Men: Apocalipse é estrelado por James McAvoy (Charles Xavier), Michael Fassbender (Magneto), Jennifer Lawrence (Mística), Nicholas Hoult (Fera), Rose Byrne (Moira), Alexandra Shipp (Tempestade), Sophie Turner (Jean Grey), Tye Sheridan (Ciclope), Lana Condor (Jubileu), Ben Hardy (Anjo/Arcanjo), Kodi Smit-McPhee (Noturno), Olivia Munn (Psylocke) e Oscar Isaacs (como o vilão Apocalipse).
Na sinopse oficial: "Desde o início da civilização, ele era adorado como um deus. O primeiro e mais poderoso mutante do universo dos X-Men da Marvel, Apocalipse acumulou os poderes de muitos outros mutantes, tornando-se imortal e invencível. Ao acordar depois de milhares de anos, ele está desiludido com o mundo e recruta uma equipe de poderosos mutantes, incluindo um desmotivado Magneto (Michael Fassbender), para purificar a humanidade e criar uma nova ordem mundial, sobre a qual ele reinará. Com o destino da Terra em perigo, Mística (Jennifer Lawrence) com a ajuda do Professor X (James McAvoy) deve liderar uma equipe de jovens X-Men para impedir seu maior inimigo e salvar a humanidade da destruição".
O filme tem previsão de estreia para 19 de maio nos cinemas brasileiros.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Chuveiro que reutiliza água do banho pode 'salvar o planeta'


A startup holandesa Hamwells apresentou durante a TechCrunch Disrupt um produto que pode "salvar" o planeta. Chamado de e-Shower, o item é um chuveiro que reutiliza a água que escorre de seu corpo durante o banho. Pode parecer nojento, contudo, segundo os criadores, a solução é limpa e ainda economiza um volume gigantesco de água.
O e-Shower age da seguinte maneira: depois que a água está no chão do box, ela volta para um sistema sendo completamente filtrada e aquecida — infelizmente, você provavelmente vai ter que segurar o "xixizinho" com esse chuveiro. A Hamwells comenta que a mesma "gota" pode ser reciclada sete vezes até ser descartada, com apenas 15 litros de água fresca e quente sendo adicionados a cada ciclo.
Isso tudo pode ser resumido na seguinte conta: 80% a menos de uso de gás ou eletricidade para aquecimento. Ainda, 90% de redução na quantidade de água usada durante o banho. Já o trabalho de limpar a água é realizado por um filtro UV que elimina qualquer bactéria (e suor corporal) e depois mistura o resultado com 1,5 litro de água fresca.
O interessante deste e-Shower é que, além de economizar água, ele tem um painel com alto-falante Bluetooth. Ou seja, você pode conectar o seu smartphone ou tablet para ouvir as suas músicas favoritas enquanto toma aquele banho maroto — afinal, com tanta economia de água, você pode gastar alguns minutos extras.
O e-Shower também oferece um aplicativo acompanhante para sistemas iOS e Android. Entre os recursos, ele apresenta o quanto de água e dinheiro você está economizando com ele.
Agora vem a hora triste: ele, infelizmente, não é barato — uma solução interessante com uma barreira. O e-Shower custa US$ 3.190 (praticamente R$ 12 mil, sem impostos e taxas). Em termos de economia, a Hamwells afirma que, em até cinco anos, esse dinheiro é "devolvido" em tudo que você deixou de pagar na conta de água.
FONTE(S) TECMUNDO

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Nokia C1 vaza suposto smartphone que marcaria volta da Nokia ao mercado



Uma renderização de um suposto smartphone “Nokia C1” vazou ontem no Twitter chinês Weibo. Segundo os vazadores, essa seria a aparência do primeiro smartphone a ser lançado pela Nokia em seu retorno ao mercado mobile. Contudo, há muitas incertezas quanto a isso no momento.
Rumores sobre a volta da Nokia têm pipocado pela web nos últimos anos, mas, até o momento, nenhuma informação concreta foi divulgada. Tudo o que sabemos com certeza é que a finlandesa está proibida de fabricar e vender qualquer smartphone ou celular até o fim de 2016. Isso faz parte do acordo que a empresa fez com a Microsoft ao vender sua divisão mobile.
Caso a marca finlandesa realmente tenha planos para lançar um modelo assim que seu impedimento legal acabar, essa seria uma boa hora para alguns planos já estarem bem elaborados. Contudo, é um tanto difícil de acreditar que a Nokia lançaria um modelo como este suposto C1 da imagem.
Primeiro porque, aparentemente, trata-se de um aparelho com dimensões de phablet. Note o tamanhinho dos ícones da na tela. Em contraponto, o botão de energia estaria no topo da carcaça, um posicionamento absolutamente inconveniente para um aparelho grande. Os botões de volume também estariam posicionados muito acima, e o visual geral lembra uma quimera feita de iPhone 6s com Xperia Z5.

Tudo no ar

Até o momento, não há qualquer especificação técnica vazada para esse suposto smartphone da Nokia, mas a imagem sugere que ele será oferecido em duas versões: uma com Android e interface Z Launcher; e outra com Windows 10. Fala-se ainda em um possível dual-boot.
Foi comentado ainda que a Foxconn seria a responsável pela fabricação dos modelos da Nokia, mesma empresa que fabrica eletrônicos para outras campainhas do setor, como a Apple.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Google pode ajudar a Samsung a otimizar a interface TouchWiz

Mesmo que a Samsung tenha feito avanços notáveis na interface TouchWiz em anos recentes, muitos consumidores ainda têm severas críticas à solução. Aparentemente ciente disso, a companhia sul coreana pode ter recorrido à Google em busca de meios de otimizar ainda mais sua solução proprietária.
Aparentemente, a Gigante das Buscas teria a função de fazer uma série de ajustes “debaixo do capô”, o que traria benefícios para ambas as companhias. Enquanto a fabricante manteria inabalada sua imagem como a maior vendedora de dispositivos Android, a Google ajudaria a evitar críticas a seu sistema, mesmo por questões que não são sua responsabilidade.
A razão para tal parceria é clara: a grande popularidade dos dispositivos Samsung faz com que a TouchWiz seja a interface proprietária mais conhecida pelos consumidores em um âmbito global. Assim, torná-la mais rápida traria benefícios principalmente aos consumidores que não estão acostumados a seguir notícias sobre a indústria e não estão interessados em aprender sobre as diferentes interpretações do sistema operacional.
Vale notar que essa não é a primeira vez que as companhias firmam uma parceria: em 2014, a Samsung aceitou desistir de sua Magazine UX para promover os serviços do Google Play. Dessa forma, resta a esperança de que a próxima versão da TouchWiz consiga finalmente atingir um nível de desempenho que faça com que as críticas em relação a ela diminuam ou desapareçam totalmente.
FONTE(S)

sábado, 21 de novembro de 2015

Android 6.0.1 Marshmallow começa a ser liberado pela Google


Esta semana surgiu a notícia de que Google já estaria trabalhando não apenas em uma versão do Android Marshmallow, mas sim duas novas atualizações que seriam liberadas em breve. A primeira delas, 6.0.1, vem com a missão de arrumar os principais problemas da versão 6.0 que ainda nem chegou a vários smartphones. A segunda, sendo alegada como a 6.1, trará mais novidades, com alguns recursos novos e também a melhoria de outros já existentes.
O Android 6.0.1 era dito como certo para as próximas semanas, mas parece que a novidade chegou antes do esperado. Google iniciou a liberação do novo código hoje (21) para dispositivos que façam parte da linha Android One. Esta não é a primeira vez que a linha Nexus fica em segundo plano: a empresa fez o mesmo quando liberou atualizações de segurança para o Lollipop. Sendo assim, o primeiro sortudo a contar com a novíssima atualização é o Cherry Mobile G1, vendido apenas nas Filipinas.
Até o momento, Google não liberou uma lista de mudanças sobre o que pode ter arrumado no código do sistema. Podemos esperar algo além de meros bugs de segurança, já que a empresa veio lançando patches mensais para tornar o robozinho mais seguro. E como pode ser visto nas imagens acima, o Android 6.0.1 Marshmallow já chega com o pacote de correções de dezembro. A build compilada é a MMB29K com kernel 3.10.49 de 9 de outubro – mas esta informação varia de acordo com cada modelo.
Podemos esperar que na próxima semana Google comece a liberar a novidade para os membros da linha Nexus. Enquanto isso, as demais fabricantes ainda seguem tentando cumprir o prazo para a liberação do Android Marshmallow. Podemos esperar que alguns pulem direto do Lollipop 5.1.1 para o Marshmallow 6.0.1, como aconteceu com versões anteriores.
O Android 6.1 Marshmallow é dito para chegar nos próximos meses, de acordo com rumor anterior divulgado pelo perfil @LlabRTooFeR no Twitter.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Confira a lista negra feita pelo Procon com lojas online que devemos evitar

 
Sexta-feira da semana que vem (27) é a tão aguardada Black Friday e muita gente está só esperando a data para poder comprar tudo aquilo que quer ou precisa com o tal descontão prometido pelo comércio, dando aquela aliviada no bolso nessa época pré-Natal e Ano Novo.
O problema é que muita gente já caiu no conto do vigário nos anos anteriores. Muitos foram ludibriados por promoções falsas que ofereciam, por exemplo, a metade do dobro do preço real. Algumas lojas têm uma política de ir aumentando os preços gradativamente na época anterior à Black Friday para poder anunciar descontos maiores do que eram na realidade, o que faz com que os consumidores fiquem desconfiados e perdidos na hora de aproveitar a liquidação.
Além disso, outros problemas graves como a demora extrema na entrega, o não cumprimento de prazos combinados ou prometidos, produtos diferentes do que o que foi comprado ou sem a qualidade anunciada não faltaram nas reclamações de pessoas que fizeram suas compras na internet.

Nome na lista negra!

Exatamente por isso, o Procon resolveu criar um site para tentar ajudar os consumidores a evitar enrascadas na hora de fazer suas compras online. Nele, você encontra uma lista atualizada há anos com lojas na internet que tiveram um alto número de reclamação e que, ao serem questionadas pela Fundação, não responderam ou não puderam ser encontradas.
São lojas de uma infinidade de categorias de produtos, como video games, outros eletroeletrônicos, perfumaria e uma infinidade de artigos importados. Confira uma lista com as lojas que entraram mais recentemente na lista negra do Procon:
  • atletika.com.br
  • bbarato.com
  • caraveleshop.com.br
  • casaeletro.net
  • centersulmagazine.com.br
  • climaeletronicos.com.br
  • denobi.com.br
  • digitalnex.com.br
  • distribuidorajk.com
  • docolmoveis.com.br
  • espacoanaaslan.com.br
  • evidencecenter.net
  • extramaisbarato.com
  • fdcelulares.com.br
  • fioreto.com.br
  • fitshoes.com
  • fortcell.com.br
  • friturasemoleo.com.br
  • hipermaisbarato.com.br
  • kvinformatica.com.br
  • liquidamais.com.br
  • lojafemmefatale.com
  • lojapanama.com.br
  • lojaswikee.com.br
  • Lucunha.com.br
  • Lucunhastore.com.br
  • magazinericardo.com.br
  • magazinericardo.com.br
  • magicshopping.com.br
  • maisbaratissimo.com.br
  • maximaeletrodomesticos.com.br
  • mmimport.com.br
  • nataleletro.com.br
  • ofertasmappin.com.br
  • onlycell.com.br
  • pagaweb.com.br
  • pank.com.br
  • paulahinschinck.com.br
  • promocaocoletiva.com
  • rbofertas.com.br
  • runi.com.br
  • shopmaluko.com.br
  • showdoeletro.com.br
  • soofertaboa.com.br
  • superescolha.com
  • venanimports.com.br
  • wikee.com.br
  • wikeeimports.com.br
  • wkclub.com.br
  • zioto.com.br
Para acessar a lista completa com todas as lojas, clique neste link.
FONTE(S)
IMAGEN(S)

Grandes lojas começam pré-cadastros para a Black Friday; inscreva-se já

 
A Black Friday está chegando, inclusive no Brasil: em 27 de novembro, lojas de todo o país farão promoções de produtos dos mais diversos departamentos. E, faltando pouco menos de duas semanas para o grande dia, você já pode começar o aquecimento.
Diversas lojas nacionais já iniciaram o pré-cadastro para a Black Friday, dispostas a enviarem aos cadastrados as ofertas mais tentadoras do próprio estabelecimento.
Tudo o que você precisa fazer é visitar os links abaixo, inserir o email no local indicado e aguardar as primeiras horas do dia 27 deste mês para encher os carrinhos virtuais.
Confira:

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Preço do iPad Pro vai fazer você cair de costas; descubra o valor da facada



Como havia prometido no começo da semana, a Apple deu início às vendas do iPad Pro a partir desta quarta-feira (11) em 40 países. O Brasil, infelizmente, ficou de fora da seleta lista que já recebeu o poderoso tablet de 12,9 polegadas da Maçã. Entretanto, as más notícias não acabam por aí.
De acordo com a página brasileira reservada para a comercialização do iPad Pro no próprio site da Apple, o dispositivo terá um preço verdadeiramente assustador para os que estiverem interessados em adquirir esse produto por aqui. O tablet evidentemente ainda está indisponível, mas já é possível ver quanto a empresa pretende cobrar por cada uma das três versões. Um aviso: cuidado para não cair de costas.
Cuidado para não cair de costas.
No Brasil, o preço do iPad Pro segue conforme a lista a seguir:
  • iPad Pro de 32 GB com WiFi: R$ 7.299
  • iPad Pro de 128 GB com WiFi: R$ 8.599
  • iPad Pro de 128 GB com WiFi+4G: R$ 9.699
Sim, esses provavelmente serão os valores cobrados pelas versões do iPad Pro em terras tupiniquins. Nos Estados Unidos, essas três variações do tablet custam, respectivamente, US$ 799, US$ 949 e US$ 1.079, disponíveis nas cores prata, dourada e cinza espacial. E engana-se quem pensa que os acessórios desse tablet escapariam de serem taxados com preços exorbitantes.
O Apple Pencil, a caneta stylus especialmente desenvolvida para profissionais para trabalhar com o tablet, será comercializada por módicos R$ 749 (nos Estados Unidos, ela custa US$ 99). Já o Smart Keyboard, acessório do iPad Pro que funciona como um teclado e uma capa de proteção, custará nada menos do que R$ 1.249 (nos Estados Unidos, ele custa US$ 169).
Então quanto custaria um iPad Pro banhado a ouro? R$ 100 mil?
Diante desses preços assustadores, descobrir que unidades do iPad Pro banhadas a ouro custam mais de R$ 10 mil parece piada. Já imaginou quanto custaria uma versão dessas aqui no Brasil? Se considerarmos que os preços brasileiros são quase 10 vezes maior que os praticados nos Estados Unidos, podemos assegurar que a versão coberta com o precioso metal chegaria custando quase R$ 100 mil. É ou não é para chorar?
FONTE(S)
IMAGEN(S)

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Swapper for Root promete aumentar a memória interna do Android


Cover art

Seu smartphone Android está lento, “travando” e com um rendimento muito abaixo do que você espera? O app Swapper for Root pode te ajudar a recuperar a eficiência do seu celular: ele tem a capacidade de aumentar a memória RAM do dispositivo, utilizada na execução de aplicativos e funções - e, falando de forma geral, quanto maior a memória RAM, mais ágil o gadget.

O Swapper for Root é gratuito para todos os usuários de Android e pode ser baixado através do Google Play. Porém, antes de fazer o download, é preciso saber que o aplicativo só será útil para usuários que fizeram o root de seus smartphones, já que essa função é pré-requisito para o funcionamento do aplicativo. O root possibilita que o usuário faça alterações mais profundas no aparelho, como alterar o funcionamento da memória.

Memória “emprestada” deixa o celular mais rápido

O Swapper for Root funciona com base na técnica de swap, que já é muito utilizada nos computadores. Explicando de uma forma mais simples, é uma funcionalidade da memória RAM que torna possível que ela use a capacidade do armazenamento interno do aparelho.

Por exemplo, um smartphone com 1GB de memória RAM - capacidade que já é pequena para os padrões atuais - pode não dar conta de rodar vários softwares ao mesmo tempo. Para evitar que o celular fique “travando”, o Swapper for Root reserva uma quantidade de memória do armazenamento (o HD do dispositivo) para servir como uma “memória extra” para a RAM, tornando o smartphone mais ágil.

Prós e contras

O funcionamento do app é muito simples: logo na tela inicial você pode definir se quer fazer o swap na memória do próprio dispositivo ou ainda em um cartão de memória SD externo. Além de poder escolher qual a memória de armazenamento que irá auxiliar a memória RAM, você também pode definir a quantidade de memória (em megabytes) que será reservada como um extra da RAM.

Outra vantagem: caso você considere esse valor insuficiente ou ache que está “sobrando” memória RAM após usar o Swapper for Root, é possível definir outra quantidade de memória para o swap.

Já o lado negativo do aplicativo fica por conta da necessidade de realizar o root no smartphone, uma ação que é mais indicada para aqueles usuários que possuem maior conhecimento técnico sobre dispositivos móveis - e que pode trazer problemas quando feita por pessoas mais leigas.

Além disso, outro ponto que precisa de atenção: a quantidade de memória do armazenamento que será utilizada pela memória RAM tem seu funcionamento direcionado exclusivamente para isso. Ou seja, se o HD do seu celular possui 16GB e você usar o Swapper for Root para reservar 2GB para a memória RAM, o tamanho do HD (para guardar imagens, aplicativos, músicas etc) passará a ser de 14GB.


Esse post foi uma colaboração de Humberto Puperi da Cinco TI, uma das melhores empresas de tecnologia e gestão do sul.